Sorria – Seja Feliz

Rir, Sorrir, ser Feliz

Descrição: SITOCOL ® Risus Atívus é um medicamento para quem deve se ‘tocar na vida’. Ou seja, ficar mais consciente que ser feliz é aqui e agora. Já-já-já.

Precauções: Poderão desenvolver vontade compulsiva de serem felizes todos aqueles que costumam passar por desequilíbrios emocionais, e por longos períodos de baixo astral.

Pidões compulsivos poderão ter crises de simancol e começar a agradecer e oferecer carinho e amor. Os insones começam a sentir desejos súbitos de sair para dançar e tomar SITOCOL ® Risus Atívus em vez de tomar calmantes. 

Indicações: Para aqueles que nunca estão satisfeitos, que vivem reclamando, são intolerantes, pessimistas, negativos e pretensiosos. Para aqueles que acham que a vida é Ter e jamais Ser. 

Que ficam cobrando o tempo todo, mas sempre se esquecem de agradecer. Aqueles que não valorizam a sua vida e não percebem que vieram realizar algo importante. Para os que vivem na ilusão de ser diferente do que essencialmente são. 

Indicado também para trabalhar a humildade e assentar os pés no chão. O SITOCOL ® Risus Atívus anula o hábito da comparação, e estimula o hábito da auto valorização. Seu uso contínuo desativa as atitudes de julgamento de si mesmo e dos outros, com potente aparecimento de sinais de auto estima, e desativação total do vampirismo do sucesso alheio. 

Contra Indicações: Não devem tomar SITOCOL ® Risus Atívus aqueles que curtem ler revistas de fofoca, aqueles que não querem mudar (nasci assim e vou morrer assim), os ciumentos, aqueles que acham que amor é controlar, e aqueles que acham que o parceiro e os filhos são propriedades (ou pais e amigos), e não almas livres que devem ser unicamente amadas.

Uma contra indicação forte é para o caso de pessoas que já desistiram de ser feliz.

Efeitos Colaterais: O paciente pára de querer brigar com o mundo. Pára de sentir necessidade de ser vítima e de sabotar seus projetos de sucesso. Pára de ser viciado em expectar tudo e, de se iludir bacana. Pára de deixar o seu poder nas mãos dos outros, e passa a assumir a responsabilidade de ter mais prazer de desfrutar a sua vida, trabalhar na conquista da sua paz e serenidade, sem delegar seu poder para ninguém.

Interrupção do Medicamento: Há registro de pacientes que regridem diante da interrupção do tratamento, culpando-se de tudo, inclusive de rir da vida. Reativam o juiz interno que se auto cria castigos cruéis. O paciente reativa também as síndromes do TENHO QUE, NÃO POSSO, IMPOSSÍVEL, DIFÍCIL, EU DEVERIA…, e do SE … isso ou aquilo e muitas travas com o passado e o futuro. Na ausência prolongada do medicamento o paciente esquece de paquerar, namorar, brincar, fazer arte (nos dois sentidos), rir, gargalhar, ir ao teatro, cinema e principalmente viajar (em todos os sentidos).

Como guardar: Do lado esquerdo do peito. Na prateleira que diz: Eu aceito o que SOU e tudo a que vim realizar!

Composição: Risus Atívus – Vitânimo A (Vitalidade + Ânimo + Alegria) – Disciplinil com 0% de priguiçuz – Determinite agudis – Coragins sin medoris – Flexibilidil insanis – Celebração baianosis – Compaxis incondicionalis.

Validade: Indeterminada. Quanto mais usar, mais antioxidante e ativo ele fica.

Modo de usar: Comece com o ra-ra-ra, re-re-re, ri-ri-ri, ro-ro-ro, ru-ru-ru e vá se auto contagiando com a vontade de Ativar o Risus. Para ação mais imediata, pule, dance, fique alegre, olhe-se no espelho, que ele se misturará mais rápido dentro de você.

Superdosagem: Casos de superdosagem ocasionaram fugas de shoppings e buscas de maior contato com a natureza. Há registros de pacientes que ficam rindo à toa, e também de pessoas que começam a sentir necessidade de se alimentar com alimentos mais naturais. Alguns pacientes perderam o interesse por assistir novelas e noticiários. Em 100% dos casos acontece uma necessidade urgente de dançar, celebrar e meditar.

Siga corretamente as instruções, caso não desapareçam os sintomas, procure imediatamente um tempo para praticar a Meditação do Coração e a Oração do Perdão.

Texto extraído do livro: Quero viver num planeta que RI – Conceição Trucom

 Boas energias e com o carinho de sempre…e ria, sorria muitooo